Você trabalha para viver ou vive para o trabalho?

Padrão

 

Ao contrário do que parece, esta questão não é daquelas sem resposta, como a que envolve o nascimento do ovo e da galinha. Segundo estudo do Instituto de Pesquisas Aplicadas (Ipea), quase metade dos brasileiros, 45,4%, diz que não se desliga do trabalho após a jornada fixada pela empresa. Transportando o percentual para o mercado de trabalho santista, aproximadamente 82 mil assalariados ou autônomos permitem que as tarefas laborais os acompanhem na volta para casa.

Dos que dizem continuar trabalhando além do expediente, 26% têm de ficar de prontidão para atividades extras, 8% planejam ou desenvolvem atividades referentes ao trabalho via internet ou celular e 7,2% procuram aprender coisas sobre o trabalho.

Um dos reflexos de se prolongar o tempo de trabalho é a percepção, óbvia e cada vez mais comum, de que o tempo livre está encurtando. É o que pensam 37,7% dos entrevistados. Não por acaso, apenas 29,7% conseguem assumir outros compromissos regulares, como ir a igreja, praticar esportes ou outro tipo de atividade freqüente não remunerada.

Mudanças recentes no cenário brasileiro da relação capital/trabalho deveriam surtir efeitos contrários. Uma destas modificações é a redução da jornada de trabalho de 48 para 44 horas semanais, em 1988, com ganho de quase uma de descanso pó dia útil dos assalariados. Se o Brasil só faz crescer a quantidade de carteiras assinadas, não deveria concentrar uma quantidade muito maior de funcionários satisfeitos com sua atividade e com sua qualidade de vida?

Embora ilustre uma contradição aos dados do IPEA, a questão se explica na própria pesquisa. Segundo o técnico de Planejamento e Pesquisa do Instituto, André Gambier, apesar de a jornada ter diminuído, o trabalho invade a vida das pessoas de forma crescente, ainda mais agora que existe o chamado “teletrabalho” ou trabalho remoto, que permite a continuidade das tarefas laborais à distância.

*Expresso Popular

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s