Arquivo mensal: dezembro 2012

Assembleia define nova coordenação da Pastoral da Juventude

Padrão

01

A Pastoral da Juventude (PJ) diocesana definiu sua nova coordenação no último dia 9, em assembleia na Paróquia Nossa Senhora de Fátima e Santo Amaro (Guarujá). Além do jovem reeleito Lincoln Spada, de Santos, fazem parte desta gestão Rafhael Apolinário, de Guarujá, e Wellington Dourado, de Praia Grande.

Portanto, Lincoln avalia de que a marca da PJ Diocesana nesse próximo biênio será marcada pelo maior envolvimento com os grupos de jovens durante e depois da CF-13 Fraternidade e Juventude e a JMJ-2013: “Conseguimos mesclar na PJ Diocesana lideranças dos municípios onde mais tem grupos de PJ. E isso possibilita estarmos mais presentes na vida destes grupos e incentivá-los sempre a serem sinal de Cristo ao se engajarem nas suas comunidades”.

A assembleia também indicou o secretário diocesano (Vagner Benedito) e os coordenadores regionais de Guarujá (Ronnaldh Oliveira e Uesley Brito), de Praia Grande (Ana Paula Matos e Jean Carlos) e de São Vicente (Gines Salas). Entre os momentos de destaque do evento, houve a despedida da atual coordenadora dioceana Samira Aun, a palestra sobre JMJ-2013 de João Paulo Figueiredo, do Movimento Neocatecumenal, e uma homenagem aos 30 anos de sacerdócio do Padre Luiz Aparecido Tegami,sdb.

A dinâmica entre os jovens presentes no evento foi a eleição e entrega dos prêmios na 1ª Pastoral da Juventude Academy Awards: Ronnaldh (Guarujá) como o pejoteiro mais falante; Walyson e Yuri (São Vicente) como mais engraçado; Rodrigo (Santos) como mais tímido; Amanda e Renan (Praia Grande) como mais belos; Beatriz (Guarujá) como mais acolhedora; Samira (Santos) como mais madura; Wellington (Praia Grande) como mais concentrado; Leonardo (Praia Grande) como mais distraído; Jean Carlos (Praia Grande) como mais rebelde e Ricardo França (São Vicente) como mais parecido com Anderson Silva.

Retrô – Pejoteiros recebem Mãe Peregrina

Padrão

A PJ Diocesana realizará a Assembleia (mais informações) no dia 9 de dezembro e, entrando neste clima de avaliação, planejamento e reafirmação dos nossos compromissos e ideais, o blog publicará diariamente nesta primeira quinzena de dezembro: fatos que marcaram os últimos dois anos da pastoral.

Em preparação aos 40 anos da Pastoral da Juventude (PJ) no Estado de São Paulo (Sul 1) está sendo realizada a Peregrinação da Imagem de Nossa Senhora da Conceição Aparecida pelas 46 dioceses do Regional. E esteve em nossa Diocese de 7 a 15 de setembro, passando por Santos, São Vicente, Guarujá, Cubatão, Praia Grande, Itanhaém e Peruíbe.

A peregrinação da Imagem teve início em junho do ano passado com o III Encontro Regional da PJ Sul I e da 18ª Romaria da Juventude, com o tema “Testemunho e Esperança”. Esta peregrinação, com a Mãe Aparecida, vem animando os jovens a prepararem a 19ª Romaria da Juventude, que marcará os 40 anos da PJ, que acontecerá em 8 de setembro no Imagem de N. S. Aparecida peregrinapela Diocese para celebrar 40 anos da PJ Santuário Nacional Nossa Senhora Aparecida.

Diante da Imagem, os jovens poderão registrar seus sonhos, realidades, medos, esperança e vida por meio da construção do manto da “Mãe Cidinha”. O simbolismo está em envolver e unir toda a juventude do Regional a partir de suas realidades compondo uma única e plural identidade da Pastoral da Juventude do Sul I.

Retrô – PJ Santos participa de encontro da SP2

Padrão

A PJ Diocesana realizará a Assembleia (mais informações) no dia 9 de dezembro e, entrando neste clima de avaliação, planejamento e reafirmação dos nossos compromissos e ideais, o blog publicará diariamente nesta primeira quinzena de dezembro: fatos que marcaram os últimos dois anos da pastoral.

Entre os dias 25 e 27 de agosto, cerca de 30 jovens de sete das oito dioceses da subregião SP2 participaram de um encontro na Capela Santo Ângelo, em Jundiapeba, Mogi das Cruzes. Com o tema “Nosso jeito de crer, ser e viver, a juventude faz a vida acontecer”, a proposta do encontro foi reunir os jovens para promover a rearticulação entre as dioceses da subregião, que são de bairros da capital São Paulo (Campo Limpo, Santo Amaro, São Miguel Paulista) e de municípios vizinhos (Guarulhos, Mogi das Cruzes, Osasco, Santos e Santo André).

Na sexta-feira, dia 25, foi realizada a acolhida dos participantes. No sábado de manhã, os jovens participaram de uma mística com documentos de identidade, fazendo-os refletir sobre a questão da identificação com a proposta da Pastoral da Juventude. Eles também realizaram uma dinâmica para conhecerem uns aos outros. Em seguida, o padre Paulo Leandro, de Guarulhos, apresentou a organização da PJ no Brasil, desde os grupos de base até a divisão em regionais. Dando continuidade, Anika Borgi, da coordenação da sub Campinas, relatou as propostas que surgiram na Assembleia do Regional de 2011, evento no qual iniciou-se o projeto de rearticular a SP2.

Os jovens esclareceram suas dúvidas em relação à estrutura organizacional da pastoral e também comentaram como o subsídio “Somos igreja jovem” vem sendo trabalhado em cada diocese. O assessor Rogério de Oliveira contribuiu com uma mensagem sobre a importância de reafirmar a identidade da PJ na igreja e fortalecer os grupos pequenos. Depois, todos foram divididos em grupos e passaram em tendas para discutir as “trevas”, “luzes” e “cores” que vivenciam nas realidades de cada diocese. Em uma plenária, os grupos partilharam as reflexões e afirmaram que é necessário mais integração na subregião e também é importante compartilhar ideias e materiais para atividades.

A atuação da PJ na Campanha da Fraternidade 2013 e na Jornada Mundial da Juventude também foram temas de discussão, nos quais reforçaram a importância de realizar atividades missionárias. À noite, todos participaram de uma missa especial na capela celebrada pelo padre Carmine Mosca, da diocese de Mogi, ex-assessor da Pastoral da Juventude. Depois, os jovens realizaram uma noite cultural com gosto de infância e se divertiram com gincanas e brincadeiras de criança.

No domingo de manhã, uma mística emocionou a todos, ao juntar oito frutas diferentes em uma saborosa salada de frutas, simbolizando as dioceses do SP2 reunidas. Eles também participaram de dinâmicas e, em grupos, responderam a questões sobre propostas de trabalho pós-encontro. Como encerramento, os jovens caminharam em romaria com a imagem peregrina de N.Sra. Aparecida, que está passando por todas as dioceses do estado de São Paulo. Após ficar duas semanas em Mogi, ela foi entregue para os representantes de Guarulhos.

Retrô – Acontece a Missão Jovem em São Vicente

Padrão

A PJ Diocesana realizará a Assembleia (mais informações) no dia 9 de dezembro e, entrando neste clima de avaliação, planejamento e reafirmação dos nossos compromissos e ideais, o blog publicará diariamente nesta primeira quinzena de dezembro: fatos que marcaram os últimos dois anos da pastoral.

A Pastoral da Juventude (PJ) realizou entre os dias 13 e 22 de julho a Missão Jovem. Cerca de 40 jovens do grupo de base da comunidade (GESAC), de outras paróquias e ainda de outras cidades participaram da evangelização que aconteceu nos arredores da Paróquia Beato José de Anchieta, no Humaitá em São Vicente. Seminaristas e Padre Luiz Parecido Tegami, da Paróquia N. Senhora de Fátima e Santo Amaro (Guarujá) assessoraram os jovens.

A Missão teve início no dia 13 com um retiro de preparação que tratou sobre a postura missionária e a amizade, tema da Missão. No domingo a noite, dia 15, o Padre Aluísio Antônio da Silva, pároco da Beato Anchieta, celebrou uma missa de envio.Diversas atividades marcaram a semana de evangelização. Foram feitas visitas às famílias, gincana com as crianças carentes do bairro, Via Sacra na Vila Nova Mariana (setor mais carente) e a visita à tribo indígena “Tékua Mirim”, em Praia Grande, que tem sofrido com falta de assistência e fome.

A missa de encerramento também foi celebrada pelo Padre Aluísio, onde os jovens perceberam quão sério e profundo são os tema e lema da Missão “Vinde e semeai a amizade” (tema) e “Sejam amigos em profundidade” (lema).Diego Florentino, 24 anos, de Cubatão dá sua experiência: Essa missão teve diferencial que a tornou muito especial para mim. Em primeiro lugar, o envolvimento d grupo GESAC que é muito unido e trabalhador. Outro fator foi o apoio integral da comunidade que acolheu os missionários de outras cidades com muito carinho. Por fi m, a confiança na juventude do Pe. Aluísio, que estava com os missionários quando podia e tornou a missa de envio inesquecível”.

Retrô – Romaria da PJ em Presidente Prudente

Padrão

A PJ Diocesana realizará a Assembleia (mais informações) no dia 9 de dezembro e, entrando neste clima de avaliação, planejamento e reafirmação dos nossos compromissos e ideais, o blog publicará diariamente nesta primeira quinzena de dezembro: fatos que marcaram os últimos dois anos da pastoral.

Sem dúvidas e com muito amor, que a 18ª Romaria Estadual da Juventude, em Presidente Prudente, será uma romaria para ficar na história. Não teve preço para os tantos romeiros presentes ouvirem do arcebispo da Sub Botucatu, Dom Maurício Grotto de Camargo dizer “apesar da idade avançada continuo sendo pejoteiro”.

E foi assim: às 5h os jovens das primeiras caravanas já ocupavam espaço e tomavam o café da manhã. Acolhida então, não faltou nenhuma com a banda da PJ Sul-1 e jovens da Diocese de Presidente Prudente. Sem perceber, o pátio do Seminário já estava tomado e a vizinhança acordava com a linda mística preparada “em claro” à noite toda.

Dom Benedito Gonçalves dos Santos, bispo de Prudente, foi quem celebrou a missa da juventude, concelebrando o arcebispo de Botucatu e padres da diocese de Prudente. Com a liturgia do dia Dom Benedito pediu aos romeiros que sejam missionários e levem a verdade a todos que desconhecem a Jesus Cristo, que esta verdade é a solução das amarguras da sociedade.

Dom Maurício, além de encantar em dizer ser pejoteiro, pois quem tem o sentido Cristão nunca perde a juventude, disse: “Romaria quer dizer que estamos caminhando, que não queremos ficar parados de braços cruzado. Queremos ser sujeitos. Esta é a lógica do pejoteiro, a do Bom Samaritano e de Jesus Cristo, que tem empatia e não pratica o individualismo. A lógica do pejoteiro é a do Reino, do amor.”

Antes de sairmos em caminhada, cantando, pulando, gritando as dores da juventude e tomando conta das ruas de Prudente junto com Maria, transformando essas dores na doçura do mel, padre Edgar de Souza Lima, assessor da PJ na Sub de Botucatu agradeceu a Dom Benedito e Dom Maurício pela prontidão em acolher o ERPJ e Romaria.

“Toda essa festa não tem meu dedo, foi a juventude quem fez. Eles são capazes, organizam, fazem e acontece. Que possamos acreditar nos jovens, são protagonistas da evangelização do mundo novo. Lugar de jovem é no grupo de jovem, na Pastoral da Juventude”, disse Edgar enchendo o coração dos pejoteiros de orgulho.

O final foi uma grande concentração no Parque do Povo, um gramado tomado por várias cirandas pela vida da juventude. E claro, lá estava ela, sempre no nosso meio, abençoando cada um e cada uma, agora mais ainda. Maria, a nossa Cidinha, irá sair em peregrinação por todas as sub-regiões até a próxima Romaria, em sua casa, em Aparecida dia 08/09/13.

Foi sempre com Maria, que começamos, terminamos e voltamos para nossas casas. E com ela, vamos celebrar os 40 anos de PJ no Estado de São Paulo. Será um ano de muita festa, pois uma história de tantos anos não pode, não deve e nunca será esquecida. E a PJ é isso, história viva na memória.

Retrô – CDL-Musical encerra formações da PJ Diocesana

Padrão

A PJ Diocesana realizará a Assembleia (mais informações) no dia 9 de dezembro e, entrando neste clima de avaliação, planejamento e reafirmação dos nossos compromissos e ideais, o blog publicará diariamente nesta primeira quinzena de dezembro: fatos que marcaram os últimos dois anos da pastoral.

Com o objetivo de capacitar os novos coordenadores e lideranças da Pastoral da Juventude, a Codijuv realizou três encontros formativos de único dia entre os meses de abril e junho de 2012, encerrando com o CDL-Musical. “Quero partilhar em primeira mão com vocês o vídeo com alguns momentos que vivemos juntos, para que possamos guardar, não apenas na memória, mas também partilhar e levar, esse modelo de arte libertadora, por onde estivermos!”, diz Vitor Hugo Ramos, do CDL-M. Cada atividade teve cerca de trinta pejoteiros.

15/abr – Curso para lideranças (1º Encontro). Conduzido pelos GTs Formação e Mística, o curso será para cada três representantes de grupos de jovens da Diocese, sendo que este encontro terá como tema a Identidade Pastoral, abordando o ser pastoral, a formação integral humana e a articulação da PJ, relembrando o Curso para Animadores Jovens e Adolescentes (Caja), reformulado desde a década de 90 na Baixada Santista.

06/mai – Curso para lideranças (2º Encontro). Conduzido pelo GT Formação, o curso será para cada três representantes de grupos de jovens da Diocese, sendo que este encontro terá como tema a Leitura Orante e Bíblia, desenvolvendo os conceitos e a construção da Bíblia, como também estratégias de leitura, principalmente a partir do livro Atos dos Apóstolos.

22/jun a 24/jun – PJ Diocese – CDL Musical. Direcionados aos jovens de toda a Diocese, o Curso de Dinâmica para Lideres (Formato Musical) visa resgatar a identidade musical da Pastoral da Juventude, possibilitando a troca de experiências artísticas entre grupos, paróquias, comunidades e dioceses, e assim valorizar o papel da música e da cultura nos grupos de jovens e nos trabalhos pastorais.

Retrô – Centenas de jovens celebram Dom Bosco

Padrão

A PJ Diocesana realizará a Assembleia (mais informações) no dia 9 de dezembro e, entrando neste clima de avaliação, planejamento e reafirmação dos nossos compromissos e ideais, o blog publicará diariamente nesta primeira quinzena de dezembro: fatos que marcaram os últimos dois anos da pastoral.

Mais de 200 membros da Pastoral da Juventude celebraram em missa diocesana a memória de seu padroeiro, São João Bosco, no dia 29 de janeiro de 2012. Realizada na Paróquia Nossa Senhora de Fátima e Santo Amaro, a celebração foi presidida pelo Padre Luiz Aparecido Tegami,sdb: “Fico contente por ainda existir uma juventude que luta por um mundo mais justo, com menos injustiças, violência, desonestidade”.

A coordenadora diocesana Samira Aun também se entusiasma: “Toda missa é um rememorar da presença de Deus por meio de Jesus no meio de nós”. A data marca o reinício das atividades diocesanas da PJ, como encontros formativos, oficinas artísticas, romarias e grandes celebrações.

“Aproveitando que a Igreja está tendo um olhar mais atento à juventude atual a partir da Jornada Mundial no Rio e da Campanha da Fraternidade, um tema que focaremos nos grupos são as formas de violência que o jovem causa e sofre nos dias de hoje”, ressalta o coordenador diocesano Lincoln Spada. Após a missa, a paróquia salesiana ofereceu churrascada e sorvetada para os jovens presentes. Estiveram reunidos grupos de Cubatão, Guarujá, Itanhaém, Santos, São Vicente e Praia Grande.

Rede de assessores – A missa também marcou o reencontro da assessoria leiga diocesana. “É fundamental que estejamos bem acompanhados em nosso amadurecimento na fé”, diz Lincoln. Para isso, a assessoria pretende, ao longo do ano, encontrar-se com casais, seminaristas e catequistas de crismas que apadrinham grupos de PJ em suas comunidades: criando a Rede Diocesana de Assessores.