Beatriz Biancato: as realidades diferentes na Região

Padrão

01

As missões na minha Região Guarujá, aconteceram do dia 7 ao dia 13 em Janeiro, no Perequê, que é uma região bem afastada do centro da Cidade. Nós fomos fazer literalmente um levantamento daquela região, visitamos casa a casa, conhecendo as famílias e coletando informações para voltarmos a visitá-las, sabendo exatamente o perfil de cada lar…

O que me chamou muita atenção além de toda a missão em si – por ser a minha primeira missão – foi a diferença de realidades. A missão foi muito útil para o meu crescimento como pessoa, me ensinou a valorizar tudo o que eu tenho, não reclamar das coisas… Porque enquanto reclamamos, muitas pessoas tem motivos de sobra para reclamar e sempre estão com um sorriso no rosto!

É verdade que levamos muitas portas na cara (risos), mas também muitas pessoas nos abriram as portas, muitas pensando que éramos da galera da dengue e da Prefeitura. Mas conseguimos perceber como precisamos urgentemente de melhorias na educação e principalmente na saúde pública! Me emocionei com muitas pessoas e cada rosto de alguém de lá me faz querer sempre fazer mais experiências como esta!

*Beatriz Biancato, pejoteira de Guarujá
membro da Comunidade Sagrada Família/Paróquia Nossa Senhora de Fátima e Santo Amaro
discípula-missionária

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s