Guilherme Reis: Vivências das missões

Padrão

01

Meu nome é Guilherme tenho 17 anos estou há cinco anos no meu grupo de base GESAC, na paróquia Beato José de Anchieta. Já participei de três missões, todas em minha comunidade, mas uma guardo em especial pelo fato de eu ter ajudado mais ativamente em sua organização.

Nas minhas primeiras missões fiquei fascinado em todo aquele lance de ajudar o próximo, visitar casas com situações precárias, ouvir vários depoimentos de famílias, entre outras coisas. Quando assumi efetivamente a organização de uma missão, comecei a observar os missionários, foi quando eu percebi que missão além de ser um lindo gesto de caridade era também uma forma de vivenciar tudo aquilo que aprendemos dentro da Igreja, é colocar em pratica todos os ensinamentos seja da catequese ou crisma.

A partir do momento em que a Fé é vivenciada, automaticamente ela vai se fortalecer dentro de você. “Ide e fazei discípulos meus entre todas as nações” (Mt 28,19)

*Guilherme Reis, pejoteiro de São Vicente
coordenador da paróquia Beato Anchieta
discípulo-missionário

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s