Por uma futura Comissão Juventude

Padrão

0

Por Lincoln Spada

Repare bem em cada sorriso nessa foto. Da esquerda para a direita. Com a namorada, Mário Tito, futuro coordenador paroquial do movimento Encontro de Jovens com Cristo (EJC); Tales, assessor do Ministério Jovem da Renovação Carismática Católica (MJ-RCC); Hérick Rocha, coordenador diocesano do movimento Treinamento de Liderança Cristã (TLC); Marcelo Santos, liderança da obra Jovens Sarados (JS); Vagner, ex-secretário diocesano e liderança da Pastoral da Juventude (PJ); Bruno Arena, jovem emissário da Congregação Mariana (CM); Jéssica e Kalliny, assessora e coordenadora paroquial da Juventude Scalabriniana (Juves). Imagina celebrar em uma única imagem lideranças de vários segmentos juvenis juntos, com o sonho de efetivar uma Comissão Diocesana para a Juventude.

Sim, para mim se trata do último sonho realizado enquanto coordenador diocesano da PJ: assumir o desafio de tal comissão. Cresci numa pastoral um pouco desalinhada aqui no litoral, pelos idos de 2005. Aos 14 anos, ia na Assembleia Diocesana aprender que a Pastoral da Juventude tinha uma trajetória social e evangelizadora que, por vezes, fazia com que isso conflitasse com outros movimentos juvenis. Assim, logo aprendi que as fissuras da Igreja não são causadas por adversários externos – as atrativas baladas e praias, ou até as novas igrejas protestantes -, mas pela falta de diálogo dos diferentes carismas.

Quem tem medo da Comissão?

Uma geração de coordenadores e assessores da PJ se entristeceram em 2008 com a exigência do clero em reelaborar uma estrutura de comissões em que a Pastoral da Juventude era apenas mais um dos movimentos juvenis, todos dentro de um único Setor Juventude: perdendo o direito de participar das reuniões diocesanas com as demais pastorais; perdendo o acesso financeiro para subsidiar cursos na única casa diocesana de retiros, o Cefas; perdendo a exclusividade de um assessor eclesiástico, mesmo que cada outro movimento já tenha o seu próprio diretor espiritual.

Enquanto a PJ se desorientava na Diocese, tentei por vezes dialogar com o antigo Jovens Amigos Reunidos Em Cristo, famoso grupo de RCC de uma capela da Pompéia. Participava de todos os encontros, incentivava os pejoteiros aos retiros e passeios deles, até chamei o fundador do grupo para palestrar na PJ, outra para cuidar de nosso retiro. Imagina se eles queriam se entrosar com jovens não-carismáticos? (Sim, a situação inversa também deve ocorrer em outras comunidades)

Mas ao mesmo tempo, havia uma equipe do TLC de Cubatão desejando implantar o movimento como uma iniciação dos crismados na minha paróquia. O resultado da experiência paroquial da “Comissão”: isolado, o Jarec se extinguiu por falta de jovens; enquanto a PJ e o TLC revolucionaram a comunidade enquanto andavam juntos – foi justamente a cisão dos líderes de cada movimento que encerrou as atividades de ambos anos depois.

Comissão para dialogar ou para a JMJ?

O ano de 2010 foi significativo, a PJ diocesana já estava desarticulada. Assessor há dois anos da comissão de papel, Padre Edvaldo Gomes adoeceu fortemente e o desafio foi repassado ao Padre Edson Felipe Gonzalez. Ele veio ter com as então lideranças da PJ já em setembro ansiando por enfim uma Comissão com ‘C’ maiúsculo. Experiência de diálogo eu tinha e, foi aliás contando sobre minha história como “ponte do clero, pastorais e movimentos juvenis” que me candidatei a coordenador diocesano exatamente na Assembleia ocorrida na Paróquia da Pompéia. Assumi o sonho no mesmo ano.

Todas as reuniões da PJ em 2011 não eram somente da pastoral, pois estavam lá líderes do TLC, do Movimento Neo-Catecumenal, do EJC, do EAC, da Juves, da Juventude Estigmatina, da Articulação da Juventude Salesiana… Efetivar uma Comissão Juventude com todos era fácil como ponto de encontro de todos esses segmentos.

Mas por mais que houvesse boa vontade do padre assessor, o apoio do clero, sucessivos passos errados isolaram a Comissão: reuniões às pressas e sem avisar a todos; uma coordenação eleita num encontro sem ata, sequer sem cinco pessoas, formada sem a participação de nenhum movimento diocesano por uma adulta ex-coordenadora paroquial, um ex-coordenador de gincanas, um jovem desafeto do pároco… Por mais que se esforçassem, daí em diante a proposta de uma Comissão para diálogos se tornou somente numa equipe de poucos por um calendário pré-JMJ no Rio. O último encontro da Comissão que conseguiria reunir os então representantes da PJ, RCC, JS, TLC, EJC seria em novembro de 2012. Depois disso, o único objetivo seria a Jornada.

Enfim, o sonho realizado.

Passou a Semana de Evangelizadores sobre a Juventude, a Campanha da Fraternidade da Juventude, a JMJ… No entanto, todos sabemos que nenhum calendário ou evento pode sensibilizar mais uma pessoa do que o verdadeiro encontro com Deus, o seu devido acompanhamento na fé e uma efetiva acolhida e diálogo das pastorais e segmentos juvenis. Um plano de viver o discipulado cristão.

Ao convidar e ver juntas as principais lideranças jovens de cada um dos movimentos da Diocese de Santos para erguer futuramente uma Comissão Juventude é a realização de meu último sonho. Justamente na Paróquia da Pompéia, a seis dias de minha despedida na coordenação da PJ, sinto-me grato e feliz com a vontade de todos os movimentos em cessarem rixas, sendo exemplos para várias paróquias; em convidar outros movimentos ainda não presentes nesta equipe; em darem as mãos para evangelizar as novas gerações;em querer dialogar e propor ações em conjunto; e, principalmente, em assumir o protagonismo para rejuvenescer a Igreja e a sociedade com a Palavra de Deus. Grato por partilharmos do mesmo sonhos, RCC, TLC, EJC, JS, CM e Juves.

*Lincoln Spada é coordenador da PJ da Diocese de Santos de 2010 a 2014.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s