PJ CELEBRA 200 ANOS DE SÃO JOÃO BOSCO NO GUARUJÁ

Padrão

16674_605583986210018_1704327432680794439_n

Cerca de 350 jovens de todos os cantos da Diocese reuniram-se no último dia 01/02 para celebrar o bicentenário do padroeiro da juventude. A missa, que contou com muita animação dos grupos de base e com a visita do nosso bispo diocesano Dom Jacyr, foi presidida pelo padre Luiz Aparecido Tegami e ocorreu na Paróquia Nossa Senhora de Fátima e Sto Amaro, marcada pela administração religiosa salesiana, ordem essa fundada pelo próprio Dom Bosco. Os jovens doaram um quilo de alimento não perecível no momento do ofertório, que será destinado às obras paroquiais de caridade.

Após a celebração, a comunidade dispôs aos jovens um almoço e o show da Banda Maranatá. Posteriormente, a Pastoral da Juventude realizou a 2ª edição do Festival Show de Talentos, que visa a revelar os dons artísticos dos jovens da diocese, seja para o teatro, música ou dança. Além das mostras competitivas, o festival contou ainda com as apresentações da cantora de MPB Daniela Christina, da banda Três Efésios e dos ganhadores da edição no ano passado: Jaqueline Nunes do JUSC e o bem humorado grupo de teatro GESAC. Ao término do festival, o júri definiu os três ganhadores: 1- Maurício Alsan (Paróquia Nossa Sra das Graças, Guarujá) 2- Marcelo Gonçalves (Paróquia do Senhor Bom Jesus, Guarujá) 3- Ministério Face de Deus, também da Bom Jesus. Após o Show de Talentos, houve tempo para o já tradicional “futebol de sabão”. O dia foi encerrado com uma mística organizada pelos jovens no salão.

A Missa de São João Bosco marca todos os anos o início das atividades diocesanas da Pastoral da Juventude e pela quarta vez tem sido realizada em comunhão e com o apoio da comunidade salesiana do Guarujá. Que cada dia mais, nós e toda a Igreja aprendamos a viver seus ensinamentos: “Meus caros jovens, eu vos amo de todo coração, basta-me saber que sois jovens para que vos ame profundamente”.

Nascido na cidade de Becchi, Itália, em 1815, Dom Bosco teve uma infância difícil, perdendo o pai aos dois anos de idade. Sonhava com o sacerdócio desde cedo, mas sofria com a resistência da mãe.

Com 26 anos de idade, ele recebeu a graça da ordenação presbiteral. Dotado de um grande carisma, sofreu desde cedo com os sonhos proféticos que só viriam a se realizar ao longo dos anos. Mariano por definição e de caridade para com os jovens, Dom Bosco foi ao encontro da necessidade especialmente daqueles que se encontravam a margem da sociedade, que nada tinham e necessitavam de uma nova evangelização. Perseguido até mesmo por parte do clero, foi chamado até mesmo de louco por alguns de seus opositores.

Fundador da Congregação dos Salesianos dedicada à proteção de São Francisco de Sales, criou também oratórios, destinados a catequese e a orientações profissionais para toda juventude. Faleceu em 31 de janeiro de 1888, deixando uma obra que ultrapassa os muros da Igreja e persiste até hoje, especialmente na área da educação.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s